Central de Atendimento

Não existem exercícios que façam perder gordura localizada. A perda de peso numa determinada zona é uma falsa crença. Ao realizares um trabalho específico, estás a produzir um gasto calórico. Se o balanço entre as calorias ingeridas e consumidas for positivo, então esse exercício está a contribuir para a perda de massa gorda em todo o corpo, mas não nos odiados “pneus”. A gordura eliminada não é a dos músculos que exercitamos, cada pessoa acumula gordura consoante a sua tipologia e muitas vezes trabalha determinado tipo de músculos, mas vai perder noutra zona qualquer. O abdominal tem que ser treinado assim como outro grupo muscular qualquer - o bíceps, deltoide, etc., embora o grupo muscular mais importante seja as costas porque são elas que sustentam a nossa posição de bípede. Ao treinar os abdominais são gastas tantas calorias como com outro grupo qualquer. É certo que quanto mais se utiliza grandes grupos musculares, melhor se controla a massa gorda e mais peso se perde. Não é verdade que um número superior de abdominais vá originar maior perda massa gorda porque implica um maior trabalho da massa muscular, já que a gordura que se encontra por cima do músculo só se perde se complementar também com treino aeróbio. Se o objetivo for controlar a massa gorda e perder peso, quanto mais se utilizar grandes grupos musculares mais isso acontece, mas está relacionado com o balanço entre das calorias, nunca havendo perda localizada.
Ambos devem ser partes essenciais de todos os programas de treino. “O aquecimento é tanto mais indispensável quanto mais intenso for o esforço físico”. O principal objetivo do é preparar o organismo para a atividade física, seja em treinos, em competição ou em lazer. Também tem um papel importante na prevenção de lesões. O retorno á calma garante que o retorno venoso ao coração é mantido em quantidades significativas de sangue dos músculos que trabalharam anteriormente. De uma forma geral poderá estar dividido em duas partes: o geral deve possibilitar o funcionamento ativo do organismo como um todo. A corrida é um bom exemplo. O específico utiliza exercícios para uma determinada atividade/modalidade desportiva. Os exercícios devem utilizar a musculatura exigida no desporto que será feito em seguida. Principais objetivos: - Obter um aumento da temperatura corporal, da temperatura da musculatura e preparação do aparelho cardiovascular e pulmonar para o desempenho da atividade. - Elevar a temperatura corporal, pois ao atingir a temperatura ideal, as reações importantes para o desempenho motor ocorrem nas proporções adequadas para aquela determinada atividade. - O aumento da irrigação dos tecidos garante um melhor suprimento de oxigênio e substratos aos tecidos. - Quando o metabolismo está alto, torna as reações químicas mais rápidas e eficientes. - No lado preventivo, o aumento da temperatura resulta numa diminuição da resistência elástica e da resistência do atrito. - A musculatura, os ligamentos e os tendões tornam-se mais elásticos, tornando-se menos susceptíveis a lesões ou rupturas. - Existem também modificações importantes ao nível das articulações. As articulações aumentam a produção do líquido sinovial – líquido que fica dentro das articulações – tornando-se mais resistente à pressão e a força.
As pessoas deveriam considerar variar a rotina de treino, por duas razões fundamentais: (1) para evitar o tédio associado ao treino, fazendo as mesmas coisas durante e depois do treino (2) para evitar ou retardar, atingir de um nível na performance e, consequentemente, nos resultados. A pesquisa mostrou que adicionar variedade a um programa de exercício pode melhorar a aderência. Investigadores da Universidade da Flórida observaram que indivíduos que alteraram os seus treinos a cada duas semanas durante um período de oito, pareciam desfrutar mais dos seus treinos e estavam mais inclinados a continuar com os seus programas de exercícios, quando comparados com indivíduos que seguiram o mesmo regime de treino semana após semana. Variando a sua rotina de treino pode também ajudá-lo a permanecer fisicamente desafiado. Muitos dos sistemas fisiológicos do organismo (por exemplo, o sistema muscular) adaptam-se a um programa de exercícios dentro de aproximadamente seis a oito semanas. Se você não alterar a sua rotina de exercícios, vai alcançar um nível porque o seu corpo adaptou-se ao estímulo do treino. Há diversas formas que pode utilizar para alterar a sua rotina de treinos atual, incluindo o reforço da intensidade dos seus treinos. Por exemplo, se faz jogging ou corrida, tente incluir alguns intervalos de sprint ou corrida mais rápida, ou adicionar mais trabalho com subidas na sua corrida. O critério de esforço-pausa para a corrida deverá ser 1-2 ou 1-3, o que significa que o tempo planeado para o esforço deverá ter uma pausa do dobro ou o triplo, portanto se deseja aumentar a intensidade passe para 1-1, isto é, tempo de atividade igual ao tempo de pausa (ativa). Se escolher a natação, a relação será de 1-4 ou mesmo 1-5. Pode fazer também Cross-training e realizar atividades diferentes para fornecer ao seu corpo um novo desafio. Uma boa alternativa no treino de força é mudar a sequência em que executa os exercícios de treino. Colocando os exercícios numa nova ordem ou padrão, está a obrigá-los a se adaptar a um novo estímulo de treino. Outra opção para adicionar variedade ao treino de força é substituir alguns ou todos os exercícios da sua rotina de treino (por exemplo, substituir um exercício de peitoral com haltere em banco por um com bola). Tenha em mente que fazer o treino exatamente da mesma forma, dia após dia não é necessariamente uma coisa má. Algumas pessoas gostam de uma rotina, previsível e consistente. Eles não se importam com a possibilidade de experimentar um nível de rendimento e estão satisfeitos em manter os seus níveis de saúde e fitness com um hábito de exercício confortável. No entanto, muitas pessoas precisam empurrar-se para novos níveis e tentar atividades diferentes para permanecerem entusiasmadas e animadas com os seus treinos. Ao variar as suas rotinas de exercício, os indivíduos além de ficarem fisicamente desafiados, ficam também mentalmente estimulados.
A plataforma vibratória baseia-se em repetir um estímulo sobre os músculos, tendões e ligamentos, o qual gera uma resposta de contração imediata, sem sobrecargas. Adotando diferentes posturas potencia-se o exercício em determinadas partes do corpo, sem esforço. Os músculos são oxigenados e consegue-se queimar a gordura corporal. A frequência de vibração se refere à taxa de repetições dos deslocamentos, por isso ela é medida em Hertz (Hz), ou seja, em ciclos por segundo. Como exemplo, quando a plataforma vibra com amplitude de 3mm ao redor de um ponto (um eixo) e esse deslocamento se repete de 50 a 60 vezes em 1 segundo (1s), assim podemos afirmar que 15 minutos de plataforma representa 1 hora de musculação, por isto de não fazer mais do que 15 minutos por dia e fazer um descanso obrigatório de 48 horas a cada sessão de treinamento. As plataformas vibratórias não devem ser confundidas com a ginástica passiva nem com os eletros-estimuladores, já que os princípios em que se baseiam e a tecnologia utilizada são completamente distintos. BENEFÍCIOS E RESULTADOS Potencializa os resultados do treino convencional; Aumenta densidade óssea (tratamento eficaz para osteoporose); Reduz gordura visceral e subcutânea; Melhora tônus muscular; Reduz colesterol e excesso de gordura no corpo; Fortalece e faz tratamento de dores e rigidez nas articulações; Estimula o funcionamento do intestino; Aumenta o metabolismo basal auxiliando na redução do peso corporal; Aumenta força muscular; Acelera a recuperação pós-esforço; Aumenta a velocidade de reação; Alongamento muscular; Melhora da coordenação muscular; Melhoramento do sentido de equilíbrio (labirintite) Incrementa o ritmo do metabolismo de repouso e por isso aumento do consumo calórico diário; Recupera a massa magra; Redução da gordura corporal; Regeneração do tecido cartilaginoso Aumento da força explosiva.
Não, ficar parado na plataforma não da resultado. O ideal é que você faça o cadastro no site do personal online e recebe seu treinamento de acordo com o seu objetivo. Os exercícios presentes neste treinamento têm vídeos ilustrando o movimento correto.